Glória-BA: Coordenação não consegue levar o povo para Audiência Pública contra a privatização da Chesf

A expectativa foi frustrada na Audiência Pública contra a privatização da Chesf que ocorreu hoje 19 de junho de 2018, na Câmara de Vereadores da cidade de Glória-Bahia.

Segundo o vereador líder da bancada situacionista Paulo Gomes (Progressista), nas três reuniões que antecederam o evento com os vereadores e dirigentes do SINERGIA, ele, afirmava que o ato traria cerca de 2 mil pessoas, tanto é, que, esse evento deveria ter acontecido na Praça da Juventude no Balneário Encanto das Águas. No entanto a falta de mobilização e organização não permitiu o alcance do público alvo.

Faltou a presença do prefeito da cidade David Cavalcanti (Progressistas), porém, foi bem representado pelo Secretário de Educação Nivaldo Lopes, Igrejas Católica e Evangélicas, ribeirinhos entre outras autoridades do município infelizmente não foram convidadas.

A grande expectativa era que o deputado federal Mário Negromonte Júnior (Progressistas) estivesse presente ao evento, até para fazer um demonstrativo da situação na Câmara dos Deputados, a fim de esclarecer o andamento da suposta privatização que está em andamento.

Com discursos longos e repetitivos, os poucos presentes ao evento, foram se dispersando na medida que o tempo passava.

Os sindicalistas do SINERGIA entraram com toda estrutura, carro de som, toldos, entre outros. Os discursos dos dirigentes sindicais a exemplo de Gilberto Santana, Melo, Carlos e outros poucos que utilizaram a tribuna, salvaram a audiência. As sessões que acontecem todas as terças feiras reúnem muito mais pessoas na “Casa”.

Por outro lado, os grandes interessados que são os ribeirinhos, agricultores e piscicultores, não prestigiaram esse importante evento. Se dos 11 vereadores cada um tivesse levado pelo menos 10 dos seus eleitores o evento seria um sucesso.

 

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE