BAHIA: Audiência Pública é aprovada na Câmara de Vereadores para tratar da demissão de vigilantes na Chesf em Paulo Afonso


O Sindicato dos Vigilantes da Bahia-Sindivigilante tem denunciado a demissão em massa de 123 (cento e vinte e três) vigilantes que atuam na Chesf, na cidade de Paulo Afonso, interior da Bahia. A falta de justificativa plausível para as demissões levantou preocupações e indignação entre os trabalhadores e a comunidade local.

Em resposta aos apelos da comunidade, foi aprovada uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Paulo Afonso para o dia 24 de Novembro às 9h para discutir a questão das demissões. A audiência, que contará com a participação dos representantes do sindicato, trabalhadores afetados e autoridades locais espera-se que algum representantes da empresa Interfort, responsável pela contratação dos vigilantes, possa comparecer.

A audiência pública tem como objetivo buscar soluções e garantir os direitos dos trabalhadores.

“A demissão em massa dos vigilantes na Chesf representa um impacto significativo não apenas para os trabalhadores e suas famílias, mas também para a segurança e tranquilidade da comunidade local. A audiência pública será uma oportunidade importante para esclarecer os motivos das demissões e buscar alternativas viáveis para mitigar os impactos negativos”, sinalizou o presidente do Sindivigilantes Bahia, Paulo Brito.

O Sindicato dos Vigilantes da Bahia tem reforçado seu compromisso em defender os direitos trabalhistas e garantir um ambiente de trabalho justo e seguro para todos os vigilantes. A entidade continuará acompanhando de perto o desenrolar dessa situação e buscará todas as medidas necessárias para proteger os interesses dos trabalhadores.

WP Radio
WP Radio
OFFLINE LIVE